TRANSFORMAREMOS O BOLSA FAMÍLIA EM SALÁRIO FAMÍLIA INTEGRAL, COM TRABALHO OBRIGATÓRIO PARA TODOS OS BENEFICIÁRIOS

O atual programa bolsa-família é um programa não estabelecido constitucionalmente, podendo ser suprimido a qualquer tempo. Proporemos ao Congresso Nacional a sua transformação em cláusula pétrea e, ainda, vamos ampliar dos atuais R$ 77,00 (setenta e sete reais) por membro, para um salário mínimo integral, com o valor vigente no período. Ao mesmo tempo em que a ele incorporaremos todos os demais benefícios entregues às famílias carentes.
Serão abertas frentes de trabalho de norte a sul, de leste a oeste em todo o país como abertura de estradas, construção de poços artesianos, e outras obras de interesse dos governos federal e estadual ou municipal. As mulheres poderão ser dadas tarefas como trabalhar em creches, escolas, limpeza urbana e outras tarefas afins, sempre a serviço do estado ou à sua ordem, podendo ser os beneficiados cedidos por convênio os mais diversos entes federativos.
Em contrapartida será exigido que todos os beneficiados pelo programa, deverão trabalhar para o governo a nível federal, estadual ou municipal, ou à sua ordem, desde que sejam maiores de idade, não podendo ser contemplados por mais de 01 ano e no máximo renovados por 6 meses os beneficiados pelo programa.
Além de rigoroso acompanhamento sobre a evolução familiar nas suas necessidades básicas de renda mínima, exigir-se-á, que as famílias beneficiadas pelo salário família comprovem as vacinações obrigatórias de seus filhos e o acompanhamento escolar das crianças.

Conheça mais sobre minhas ideias e propostas: www.levyfidelix.com.br/projetos